sábado, 8 de maio de 2010

Mais história

"

As paredes eram beges. Daquele bege cor-de-calcinha. Haviam diversas portas, sem indicação nenhuma, sem saber para onde levavam. Ele decidiu que aquele não era o andar certo, e subiu as escadas para o andar superior. Ali haviam menos portas. E uma se abriu:
- Olá, André! - cumprimentou o estranho.
- Que lugar é esse? André é o meu nome? Quem é você?
- Hahaha, essa foi demais! Acordou bem-humorado, hein? Deixa de brincadeira e vá falar com o chefe, ele está esperando. Ficou puto da cara porque você não veio para a reunião. A comissão de planejamento estabeleceu metas até pra faxineira... Esse mês vai dar o que falar! Nos falamos!
- Espere, você precisa me ajudar! Como eu saio daqui?!
Era tarde, ele havia sumido atrás de uma porta branca como todas as outras.
Sem saber o que fazer, André ("Será esse mesmo meu nome?") fechou os olhos por um momento.

TO BE CONTINUE...
"

Uma história pela metade. Chato isso, né? Eu também queria ter terminado de escrever, mas o professor conseguiu fazer o computador funcionar, e a aula começou, então... Aqui estamos!

Para não deixar o post só com essa história pela metade, eu faço uma pergunta a vocês, leitores que não comentam. Essa pergunta, cuja resposta DEFINITIVA irei apresentar no próximo post, junto com a continuação (e fim?) da história do André, têm atormentado a humanidade a muito tempo... E eu encontrei a resposta pra ela.

QUEM VEIO ANTES, O OVO OU A GALINHA?

Deixe sua opinião nos comentários.

(P.S.: Deu pena de tirar do topo o tópico do Grêmio, estava tão bonito :P )

Abraços pra todos, um ótimo final de semana, Feliz Dia das Mães e até a próxima!

2 comentários:

Stefan disse...

É isso ai Dimas, vamo atualizar o blog pelo menos umas duas vezes por semana. As vezes eu entro e tá sempre com o mesmo tópico! Um abraço, não fróxa rapaz!

Dimas disse...

=D
hehehehehe...
A gente faz o que pode, né Teté!

Muito obrigado pelo comentário!
Abração!